menu

Iniciando sua trajetória no mundo das organizações de MMA no dia 25 de janeiro, o Future FC anuncia oficialmente que realizará exames antidoping em todos os seus eventos. Os atletas terão a urina coletada antes de suas lutas e serão sujeitos a suspensões dentro da organização, que serão retransmitidas para comissões atléticas em todo o mundo.

"Nós do Future FC entendemos que o futuro do esporte é limpo," disse o CEO da organização, Jorge Oliveira. "Não há lugar para o uso de esteroides em nossa organização e quando nossos atletas alçarem vôos para organizações maiores, temos a certeza de que a experiência de já vivenciar um evento com exames antidoping desde já será importantíssimo para eles."

Em relação às substâncias proibidas, o Future FC anuncia que irá seguir o manual da WADA, que será distribuído a todos os atletas junto com o contrato da luta.